Domingo, 8 de Fevereiro de 2009

LIFE STYLE

 

 No outro dia, li este artigo numa revista, que achei interessante e que gostaria de partilhar. Quem escreve é a Psicóloga Isabel Leal, o tema é bastante actual e leva-nos a reflectir sobre "o estilo de vida", que muitos de nós hoje em dia adoptamos, e que sem nos apercebermos nos absorve. Muitas vezes fazendo com que não nos reste tempo para nos dedicarmos ao que nos faz realmente felizes.

 

 

"Em nome de um estranho conceito de estilo de vida, corremos cheios de pressa e sem norte para aquilo que depois verificamos ser lado nenhum. Acreditamos no muito como se fosse bom e no rápido como se fosse certo. Mas estaremos felizes?

 

 

 O nosso mundo corre e nós vamos atrás. Mesmo que tenhamos surtos de lucidez, em que damos conta de que estamos a ir depressa de mais para parte incerta, a maioria do tempo deixamo-nos embalar pela velocidade que está estabelecida, pelas circunstâncias que nos arrastam, por alguém que nos incita à laia de filme americano de acção: «Go! Go! Go!»

Por vezes, até conseguimos fazer tudo sozinhos e é ver-nos a imprimir ritmos vertiginosos a absolutas trivialidades, como se disso dependesse o clarear do próximo dia, o amanhã do mundo ou a salvação da alma.
Quanto maior o fernesim, mais fácil é o esbracejar tão grandiloquente quanto balofo.

 

O débito permanente de umas mensagens apelando à competitividade e exortando para uma eficácia, aparentemente imprescindível, que tem a ver com crescimento, qualidade, ou uma certa e bizarra ideia de modernidade, põe-nos todos a reboque de uns números médios, de uns objectivos construídos a partir desses números e de uns conceitos patuscos que não se referem a alguém que conheçamos ou saibamos, nem que seja pelos factos, incontornáveis de: o homem médio não existir; alguém se enganar nas contas; alguém manipular os números por razões inconfessáveis ou não se perceber simplesmente, o que o sentido de urgência acrescenta, ou melhora, para as pessoas e para as sociedades.

Acreditamos no muito como se fosse bom e no rápido como se fosse certo.
 
Como resultado, é vulgar ficarmos extenuados, sentirmo-nos desacompanhados ou irritados, e facilmente cairmos num desnorte que nos lança nas desagradáveis sensações de que não damos conta do recado, estamos a perder o pé ou a trair expectativas.
É banal fazermos do sentimento de pressa, sem objectivo, que é como quem diz da ansiedade transformada em perturbação omnipresente, um desejável life style.
Pior ainda é perceber a falta de sentido dos gestos que cumprimos. Chegar a um dia em que não conseguimos perceber em que é que a nossa forma de estar, rápida, intensa, sofrida, beneficia o que nos rodeia, os que nos rodeiam e dizemos significativos e, o mais estranho de tudo, a nossa própria existência."
 
Fonte:"Notícias Magazine"
amarelejando às 19:47
link do post | comentar | favorito
|

»Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

»NOTÍCIAS FRESQUINHAS

» EM PAUSA ...

» SÓ O POVO

» O POÇO DA MINHA INFÂNCIA

» PERCURSO PEDESTRE "ROTA D...

» MONSTRO MORIBUNDO

» MOTES DOS MONTES – 15

» VAMOS AJUDAR OS BOMBEIROS

» REPROVADO POR UNANIMIDADE

» NÃO À EXTINÇÃO DE FREGUES...

» MORREU STEVE JOBS

» SAUDADES DE... FLORBELA E...

» AGORA É QUE CONTA

» ASSIM SE COME N'AMARELEJA

» ALTO E PÁRA O TRABALHO!

» A NOSSA IGREJA VAI TER TE...

» FEIRA DE SETEMBRO 2011 - ...

» ASSIM SE COME N'AMARELEJA

» SIRENIA

» FOTOGRAFANDO O MEU ALENTE...

» FEIRA DE MOURA 2011

»COMENTADORES DE SERVIÇO

Pois é QuinaComo eramos felizes nessa altura! Fora...
Olá Manuel É claro que não me importo, até agradeç...
Esqueci-me de me identificar: manuelfialho@gmail.c...
Viva!Como revi parte da minha infância neste texto...
Olá, eu gostaria que me pudessem dar uma ajudinha ...
... o título correcto do post seria " Não à extinç...
cidália, ao ler este pequeno texto que tu escrevei...
Esse pôr de sol, eu já vi!Há sessenta anos, ou mai...
É verdade Cidália a Amareleja também foi represent...
sem eu gostar de dizer estas coisas, mas não resis...

»TEMAS

» todas as tags

»O QUE JÁ ACONTECEU

» Dezembro 2011

» Outubro 2011

» Setembro 2011

» Agosto 2011

» Julho 2011

» Junho 2011

» Maio 2011

» Abril 2011

» Março 2011

» Fevereiro 2011

» Janeiro 2011

» Dezembro 2010

» Novembro 2010

» Outubro 2010

» Setembro 2010

» Agosto 2010

» Julho 2010

» Junho 2010

» Maio 2010

» Abril 2010

» Março 2010

» Fevereiro 2010

» Janeiro 2010

» Dezembro 2009

» Novembro 2009

» Outubro 2009

» Setembro 2009

» Agosto 2009

» Julho 2009

» Junho 2009

» Maio 2009

» Abril 2009

» Março 2009

» Fevereiro 2009

» Janeiro 2009

» Dezembro 2008

» Novembro 2008

» Outubro 2008

» Setembro 2008

» Agosto 2008

» Julho 2008

» Maio 2008

» Abril 2008

» Março 2008

» Fevereiro 2008

» Março 2007

» Fevereiro 2007

» Novembro 2006

» Agosto 2006

» Julho 2006

» Maio 2006

Cidalia Guerreiro

Cria o teu cartão de visita

»OS RETRATOS

»PROCURAR

»EM LINHA

online

»POR ESSE MUNDO FORA

free counters

»DESDE ABRIL DE 2009

Web Counters
Dating Charleston